AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Amanda Dione Silva

Zootecnista, MsC. e DsC Produção e Nutrição de Monogátricos

Especialista em suinocultura

Tarciso Tizziani

Zootecnista, MsC. e DsC Produção e Nutrição de Monogátricos

Enzimas são proteínas catalisadoras que atuam acelerando diferentes reações no organismo dos animais.

No tocante à nutrição, as enzimas endógenas possuem como objetivo principal promover a transformação das macromoléculas dos componentes alimentares em frações menores e solúveis, facilitando a sua absorção.

No trato gastrointestinal, as enzimas são liberadas na forma de zimogêneos e então são ativadas. Inicialmente, a nível estomacal, o pepsinogênio sofre ação do ácido clorídrico, tornando ativa a pepsina.

A pepsina é responsável por ativar as enzimas logo após a secreção pancreática na porção inicial do intestino delgado.

O aparato enzimático do suíno muda no decorrer de sua vida produtiva e, com o avançar da idade, as enzimas endógenas passam a ter maior ou menor importância de acordo com o substrato encontrado na dieta.

A lactase, por exemplo, é a principal enzima responsável pela digestão da lactose presente no leite. Sua liberação é reduzida com a mudança da alimentação dos leitões, através da introdução de alimentos sólidos na dieta.





Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies