06 maio 2020

RS: Sistema de Integração Virtual em fase de implantação

O Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS vem contribuindo para a criação do Sistema de Integração Virtual da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. Estão sendo investidos pelo fundo mais de R$ 110 mil em um projeto para a criação de 39 pontos de comunicação, que são salas equipadas com monitores, câmeras, computadores e microfones para reuniões virtuais.

Em nota, a entidade afirmou que além do nível central, as 19 supervisões regionais, diretorias, Parque Assis Brasil, auditórios e vinculadas como Irga e Ceasa vão contar com as salas. A demanda surgiu com as medidas de isolamento social e continuará sendo utilizada após o fim dos efeitos da pandemia de Covid-19. Além de ajudar a resolver situações como a vivenciada atualmente, a economia de tempo e de recursos são os principais argumentos para que o sistema seja implementado. “Anualmente, a Secretaria da Agricultura gasta mais de R$ 90 mil com diárias e deslocamento de servidores para reuniões de trabalho. Sem contar o tempo de viagem no qual os técnicos deixam de executar suas atividades-fim”, explica Romano Scapin, diretor administrativo da SeapDR.

Conforme Scapin, o Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária – DDPA já havia adquirido equipamentos necessários para montagem de sistema interno de videoconferência. Agora, o projeto amplia e leva os recursos audiovisuais para outras unidades, integrando todos os setores. “Técnicos das inspetorias de diferentes localidades podem conversar entre si, bem como com o nível central”, afirma.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, acredita que o Sistema de Integração Virtual poderá contribuir inclusive com treinamentos e repasse de informações importantes para os programas de sanidade animal da Secretaria. “A aplicação de recursos que contribuam com a capacitação e agilidade nos trabalhos do serviço veterinário oficial está entre as atribuições do fundo, por isso acreditamos que o sistema irá otimizar as atividades mesmo após o fim do período de isolamento social”, conclui Kerber.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies