AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Cândida Azevedo

Zootecnista, MsC Zootecnia, Doutoranda em Ciência Animal e Pastagens e Editora Grupo de Comunicação AgriNews

Segunda-feira 22 de fevereiro de 2021 – O secretário Grupo de Liderança do Partido, Dr Huang Baoxu, notificou a reincidência da Peste Suína Africana (PSA) na cidade de Qingdao, província de Shandong na China. A recorrência do evento ocorreu no dia 09/02/2021 e, até a presente data, o último caso havia sido registrado em 29/05/2019.

O diagnóstico foi comprovado a partir de testes de  reação em cadeia da polimerase (PCR, do inglês polymerase chain reaction) que confirmaram a presença do vírus da PSA de genótipo II, altamente virulento. Ainda de acordo com o relatório, 147 suídeos estão susceptíveis, 20 casos foram confirmados, 18 mortes notificadas e 129 animais foram sacrificados.

A notificação imediata da Organização Mundial de Saúde Animal, OIE, reportou que a recorrência dos casos ocorreu devido à introdução de novos animais, e ressalta que o evento está em andamento e relatórios semanais serão publicados para  acompanhamento dos casos.

Com a notificação do surto, foram implementadas as seguintes medidas de controle:

  • Desinfecção
  • Desinfestação
  • Controle de movimento dentro do país
  • Destruição oficial de produtos de origem animal
  • Eliminação oficial de carcaças, subprodutos
  • Quarentena
  • Triagem
  • Vigilância fora da contenção e / ou zona de proteção
  • Rastreabilidade
  • Zoneamento

Vale lembrar que, no dia 21 de janeiro deste ano o país asiático reportou um caso na província de Guangdong, ao sul do país, sendo este o primeiro caso da doença relatado desde o fim de outubro do ano passado.

Em setembro de 2020, a China estabeleceu uma meta de longo prazo para se tornar quase autossuficiente na proteína apoiada em grandes propriedades produtoras de suínos, enquanto o país busca reduzir a dependência da importação de alimentos.

A China tem como meta 95% de autossuficiência em carne suína, de acordo com documento do Conselho de Estado sobre o desenvolvimento do setor pecuário.

Fonte: Organização Mundial de Saúde Animal, OIE.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies