10 maio 2022

Novos métodos de detecção de resíduos antibióticos em animais vivos



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Dra. Maria Jesús Serrano Andrés

Universidad de Zaragoza - Instituto Agroalimentario de Aragón (IA2)

Resíduos antibióticos são tão grave que a OMS (Organização Mundial de Saúde) considera a resistência antimicrobiana como uma das maiores ameaças que a humanidade deve enfrentar nas próximas décadas (OMS, 2017).

 

Desde a descoberta da penicilina no início do século XX, este e outros antibióticos têm sido grandes aliados da saúde pública, melhorando o estado de saúde não só na medicina humana, mas também na produção animal.

Entretanto, seu uso indevido é a base da geração de resistência a antibióticos, um processo pelo qual os microrganismos não são mais sensíveis aos antibióticos, que deixarão de ser eficazes para o tratamento de doenças comuns.

Novos métodos de detecção de resíduos antibióticos em animais vivos

Este problema é tão grave que a OMS (Organização Mundial de Saúde) considera a resistência antimicrobiana como uma das maiores ameaças que a humanidade deve enfrentar nas próximas décadas (OMS, 2017).

Mundialmente, estima-se que para o ano 2050 uma gestão inadequada deste problema gerará uma perda acumulada de 88 bilhões de euros e10 milhões de mortes anuais (Figura 1), ultrapassando o número de mortes por doenças como o câncer (O´Neill, 2014).

Figura 1. Mortes relacionadas a cada ano à resistência antimicrobiana (RAM) e outras doenças até 2050. Adaptado de: O’Neill, J. (2016). Tackling drug-resistant infections globally: final report and recommendations.

Por ser um processo seletivo natural, é difícil impedir o desenvolvimento de resistência antimicrobiana pelos microrganismos, mas o controle adequado uso de antibióticos e outras substâncias antimicrobianas favoreceria a redução da eficácia do processo.

A UE lançou planos estratégicos que buscam reduzir a presença de resíduos deste tipo de substância.





Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies