09 mar 2022

Morre paciente que recebeu coração suíno em transplante inédito



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Henrique Cancian

Zootecnista e Analista Técnico-Comercial & Mídias Sociais do Grupo de Comunicação AgriNews

Morre paciente, David Bennett de 57 anos, que recebeu coração suíno em transplante inédito.

O Centro Médico da Universidade de Maryland anunciou, nesta terça-feira (08), a morte do primeiro paciente a receber um transplante de coração de um suíno geneticamente modificado. O óbito ocorreu dois meses após a cirurgia.

Morre paciente que recebeu coração suíno em transplante inédito

David Bennett, o paciente, de 57 anos, tinha uma doença cardíaca grave e por conta do baixa expectativa de vida concordou em receber o coração pela cirurgia experimental e inovadora.

Para os pesquisadores e médicos envolvidos na pesquisa do transplante, ainda não está claro se o corpo de Bennett estava rejeitando o órgão estranho. E, por hora, não há informações oficiais sobre a causa da morte, já que os cientistas planejam publicar os resultados em um estudo revisado por pares.

Bartley Griffith, o cirurgião que realizou o transplante, disse que a equipe do hospital ficou “devastada” com a perda de Bennett.

“Ele provou ser um paciente corajoso e nobre que lutou até o fim“, afirmou Griffith ao jornal New York Times.

OS AVANÇOS DOS XENOTRANSPLANTES 

Entre as várias possibilidades alcançadas pela edição genética, uma delas é a de alterar os genes de animais, mais especificamente de suínos, para que se pareçam com os de humanos e com isso torne possível a compatibilidade no transplante de órgãos.

O processo, chamado xenotransplante, pode se tornar uma alternativa para dezenas de milhares de pacientes com rins, corações e outros órgãos doentes, pois há uma escassez de órgãos doados em todo o mundo.

Assim, cientistas vêm tentando produzir suínos cujos órgãos não seriam rejeitados pelo corpo humano, um esforço de pesquisa que ganhou força na última década.

Em outubro do ano passado, um rim modificado foi transplantado para um paciente humano com morte cerebral, mantendo-se funcional por 54 horas.

Na véspera de Ano Novo, a Food and Drug Administration (FDA) concedeu uma autorização para a cirurgia experimental de Bennet, que foi feita uma semana depois.

O coração transplantado teve um bom desempenho inicial e não houve sinais de rejeição por várias semanas. Mas ele não recebeu alta e, há vários dias, sua condição começou a se deteriorar, disseram autoridades do hospital.

 

Fonte: Exame

Se interessou pelo Xenotransplante? Quer saber mais como o suíno pode colaborar com esta técnica revolucionária na medicina?

Clique AQUI e ouça no AgriFM uma entrevista exclusiva com o Drº Ernesto Goulart – Doutor em genética e pesquisador da Universidade de São Paulo




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies