25 maio 2020

Ministro chinês recomenda que preço da carne suína não suba com a recuperação da produção de suínos

O preço da carne suína na China não sofrerá um aumento significativo, pois a produção de suínos está se recuperando gradualmente, disse uma autoridade sênior em 22 de maio.

Han Changfu, ministro da Agricultura e Assuntos Rurais, fez as observações à margem da terceira sessão do 13º Congresso Nacional do Povo, a legislatura nacional da China.

O preço médio no atacado da carne suína caiu ligeiramente por 13 semanas consecutivas, 23% abaixo do seu pico, o que equivale aproximadamente a uma redução de 12 yuans (cerca de US $ 1,69) por kg, disse Han.

O ministro disse que espera que a produção de suínos continue se recuperando à medida que o número de porcas reprodutoras e porcos vivos em estoque se recupere.

Ao falar sobre segurança alimentar, Han disse que a China não enfrentará uma crise alimentar. “O estoque atual de grãos da China é suficiente para alimentar todo o país por um ano”, disse ele.

A área de terras cultivadas de alto padrão será aumentada em 5,33 milhões de hectares este ano, disse o ministro, observando que serão feitos esforços para garantir a produção estável de grãos em 2020.

Esforços serão feitos na prevenção de grandes doenças e pragas de plantas, acrescentou.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies