14 out 2021

Festival do leitão de Rio Verde aposta em programação técnica com foco na suinocultura de alto desempenho



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Cândida Azevedo

Zootecnista, MsC Zootecnia, Doutoranda em Ciência Animal e Pastagens e Editora Grupo de Comunicação AgriNews

Os produtores e profissionais da suinocultura tem um encontro marcado com conteúdo dinâmico e de qualidade no dia 27 de outubro, a partir das 14h, no Youtube. O Festival do Leitão de Rio Verde, em sua segunda edição digital e sem fronteiras, abordará o tema suinocultura de alto desempenho com um time de palestrantes de referência na área.

Realizado pela Associação dos Granjeiros Integrados do Estado de Goiás (Agigo), que neste ano completa duas décadas de fundação, o evento tem como objetivo apresentar e debater fatores que interferem no desempenho em todas as fases de produção, determinando excelência nos índices zootécnicos e maior competitividade nas granjas.

As inscrições gratuitas estão abertas e dão direito à certificado de participação e concorrer a brindes. Acesse: https://rebrand.ly/leitao2021

 

O diretor executivo da Agigo e coordenador do evento, Iuri Pinheiro Machado, explica que o objetivo em 2021 é se manter ainda mais conectado com o público e trazer temas relativos às fases de reprodução, crescimento, terminação, instalações e equipes, importante alicerce para obter resultados de excelência: Procuramos montar uma programação que traga tópicos aplicáveis em praticamente todos os setores de uma granja, sempre com foco no resultado sustentável.

A programação do festival se inicia com a palestra “Desafios na reprodução de suínos: chegamos no limite ou podemos otimizar resultados?, na qual o doutor em reprodução animal pela Escola Superior de Veterinária de Hannover, na Alemanha, o professor Fernando Bortolozzo trará de forma prática a discussão para melhorar o desempenho reprodutivo das matrizes mesmo em um contexto de alta produtividade, com foco não somente nos índices reprodutivos, mas também na otimização do manejo e dispêndio de recursos na obtenção de resultados . De acordo com ele, é necessário fazer a provocação de que é possível melhorar esse cenário e enxergar as oportunidades. “Muitas vezes manter esses índices e reduzir ações na operação pode ser uma grande vantagem, associada a um maior lucro para a produção desses animais”.

A programação seguirá com foco em creche e terminação, no qual o médico veterinário e doutor em zootecnia Roniê Pinheiro realizará a palestra “Como obter alta performance na creche e terminação”. O especialista abordará os cuidados e manejos nessas fases, bem como o impacto desse setor sobre os resultados finais da granja. Para Roniê, a expectativa é que o conteúdo seja utilizado no dia a dia nas granjas. “Veremos a importância das fases e como a gente pode melhor trabalhar esses animais na recria e terminação para que se tenha uma conversão ajustada e um resultado financeiro final satisfatório”, explica.

As pessoas envolvidas no processo de produção também serão foco desta edição do festival. A programação conta com palestra com foco em recursos humanos com a Doutora em Medicina Veterinária Djane Dallanora, que a partir do tema “Pessoas e resultados – o impacto do ser humano na suinocultura de alto desempenho”, discutirá sobre as metodologias ligadas às pessoas, às quais podem ser utilizadas para melhorar os resultados das granjas. De acordo com Djane, “na suinocultura, por mais tecnologia que já tenhamos embarcada nas granjas, ainda somos altamente dependentes da atividade humana para tarefas essenciais”. 

Outro ponto importante para uma suinocultura de alto desempenho são as instalações, para abordar o tema, o Zootecnista Gustavo Lima realizará a palestra “Princípios para concepção de novos projetos de granja”, onde explicará como novos projetos estão sendo concebidos, quais são os pontos importantes quanto à concepção de novas instalações, como a gestão de mão de obra, dimensionamento, tipos de instalações e tecnologias disponíveis no mercado.

Ao final do evento, os palestrantes se juntam para um debate e responder às dúvidas dos participantes do festival.

O Festival do Leitão – Suinocultura de alto desempenho conta com o patrocínio ouro da Agroceres Pic, Condomínio Vale dos Buritis, DB genética suína, Elanco e Perdigão. Na categoria prata, as empresas apoiadoras são Agrifirm, Alvoagrícola, Agromarau e GSI, Cargill, Grupo Cereal, Comigo, Coopersag, Sicoob credi-rural, Dechra, Fairtek, Feedis, Mastervet, MSD, Nutrial, Roboagro e Yes.

 

Fonte: Assessoria de imprensa.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies