13 abr 2021

Exportação de carne suína na primeira semana de abril atingiu cerca de 47% do total de abril/20



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Cândida Azevedo

Zootecnista, MsC Zootecnia, Doutoranda em Ciência Animal e Pastagens e Editora Grupo de Comunicação AgriNews

De acordo com informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Governo Federal, divulgadas nesta segunda-feira (12), as exportações de carne suína fresca, congelada ou resfriada nos primeiros seis dias úteis de abril atingiram, praticamente, a metade dos resultados obtidos em todo abril de 2020.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Iglesias, este resultado expressivo mostra a China mantendo um bom ritmo de compras, como visto em março.

“Vemos a China ainda dependente das importações, e mesmo que haja esse trabalho de recomposição dos plantéis suínos, a economia chinesa é a que mais vai crescer em 2021, então a demanda vai seguir aumentando”, disse.

A respeito dos surtos de Peste Suína Africana (PSA), principalmente na região norte da China, Iglesias pondera que o mercado ainda está “tateando no escuro” já que não há informações oficiais da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês), apenas dados divulgados por órgãos de imprensa e consultorias.

A receita obtida com as exportações de carne suína até agora neste mês,  de US$ 73.752,055, representa 48% o montante obtido em todo o mês de abril em 2020, que foi de US$ 153.964,123. No caso do volume embarcado, as 29.166,079 toneladas são 46,3% do total exportado em abril do ano passado, montante 62.900,045 toneladas.

O faturamento por média diária neste início de abril foi de US$ 12.292,009, quantia 59,67% maior do que abril de 2020. No comparativo com a semana anterior, houve alta de 15,8%.

No caso das toneladas por média diária, foram 4.861,013, avanço de 54,56% no comparativo com o mesmo mês de 2020. Quando comparado ao resultado na semana anterior, observa-se aumento de 15,4%.

Já o preço pago por tonelada, US$ 2.528,692 neste mês de março, é 3,31% superior ao praticado em abril passado. O resultado, frente ao valor atingido na semana anterior, representa leve alta de 0,22%.

 

Fonte: Notícias Agrícolas.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies