02 dez 2020

Exportação de carne suína em novembro cresce em receita



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Cândida Azevedo

Zootecnista, MsC Zootecnia, Doutoranda em Ciência Animal e Pastagens e Editora Grupo de Comunicação AgriNews

As exportações de carne suína em novembro cresceram em volume e em receita ante igual mês do ano passado. Já as carnes bovina e de frango tiveram retração no faturamento, mas aumento na quantidade de produto comercializada com outros países, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 1º, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia. O levantamento considera 20 dias úteis do mês de novembro.

Os embarques de carne suína fresca, refrigerada ou congelada totalizaram 76,18 mil toneladas, 32,36% acima das 57,553 mil toneladas de novembro de 2019, embora 1,58% menor que as 77,405 mil toneladas enviadas ao exterior em outubro deste ano. A receita somou US$ 188,541 milhões, 36,19% a mais que em novembro do ano passado e 1,7% acima de outubro.

O preço médio da tonelada de carne suína exportada no mês passado foi de US$ 2.474,90, ante US$ 2.394,90/t em outubro e US$ 2.405,30 novembro do ano passado.

Os embarques de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada somaram em novembro 167,736 mil toneladas, 7,84% mais que as 155,536 mil toneladas enviadas ao exterior em igual mês de 2019. Na comparação com outubro deste ano, quando a exportação somou 162,684 mil toneladas, o volume cresceu 3,1%. A receita com as vendas no mês totalizou US$ 738,521 milhões, queda de 1,86% ante os US$ 752,587 milhões de outubro de 2019, mas 6,95% superior aos US$ 690,514 milhões de outubro. O preço médio da tonelada embarcada foi de US$ 4.402,90, ante US$ 4.838,70 de novembro do ano passado e US$ 4.244,50 em outubro de 2020.

Por fim, as exportações de carne de frango fresca, refrigerada ou congelada também tiveram aumento em novembro deste ano em relação a igual mês do ano passado. O Brasil exportou no mês 324,08 mil toneladas, 3,48% mais que as 313,173 mil toneladas embarcadas ao exterior no mesmo período de 2019. De acordo com a Secex, a receita obtida com o produto foi de US$ 429,573 milhões, 14,1% abaixo dos US$ 500,082 milhões faturados em novembro de 2019, mas 6,97% maior que o valor obtido em outubro deste ano. O preço médio da tonelada embarcada de carne de frango no mês passado foi de US$ 1.325,50, contra US$ 1.353,70 em outubro e US$ 1.596,80 em novembro do ano anterior.

Fonte: Istoé Dinheiro.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies