10 dez 2021

De Heus reforça posicionamento estratégico para Matérias-Primas, Pet e Aqua

Acompanhar as crescentes demandas dos consumidores e evolução do mercado é um grande desafio. E a De Heus vem respondendo a este cenário com investimentos em todo o seu parque industrial para aumentar a sua capacidade de produção, armazenamento e logística no país. O objetivo é ampliar o market share nos negócios de pet food e aquacultura e reforçar o posicionamento destes segmentos no mercado em 2022.

 

Para assumir este desafio, trazendo todo o know how que a De Heus acumula mundialmente, a executiva Sandra Toro, que desde 2018 está à frente da gerência de Negócios de Matérias-Primas, agora assume também as áreas de pet e aquacultura.

“A De Heus é um dos maiores players no segmento de nutrição animal e está estruturada para atender as demandas de matérias-primas e premixes para Pet e Aquaatividades que vêm registrando um crescimento importante nos últimos anos e com expectativa de continuar em alta”, conta Toro, que possui mais de 30 anos de experiência no segmento de matérias-primas, com atuação de destaque em empresas de nutrição animal.

Ela destaca a estrutura que a companhia disponibiliza para oferecer o melhor atendimento às mais exigentes demandas dos setores. “Adquirimos insumos para demandas de diversas regiões onde atuamos, como Ásia, Europa, África e América do Sul e comercializamos matérias-primas em todo território nacional, com rapidez nas entregas e preços competitivos, além da confiança de atestarmos a qualidade dos produtos mediante nossos padrões globais de seleção de fornecedores”.

A empresa também possui um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento no Vietnã com estudos focados no máximo desempenho em resultados para a aquacultura. “Levamos em consideração todos os aspectos relevantes de cada país, com o objetivo de oferecer produtos adaptados à cada necessidade, juntamente com uma assistência técnica especializada”, explica.

A companhia conta ainda com uma fábrica que opera livre de promotores de crescimento, melhoradores de desempenho, agentes anticoccidianos e produtos medicamentosos. “Sem receber nenhuma matéria-prima que possa ser contaminante, a unidade produz premix para pet, equinos, suínos e para a aquacultura.”

Na De Heus todas as matérias-primas, fornecedores e fabricantes, passam por um rigoroso processo de qualificação e homologação de 100% das matérias, avaliando assim todo o processo produtivo do fornecedor, explicou a gerente de Qualidade da De Heus no Brasil, Rosane de Carli. “Precisamos garantir que as matérias-primas atendam as especificações de qualidade e nutricionais necessárias para que os produtos atendam às necessidades dos animais”, pontuou a executiva.

Para ela, a escolha das matérias-primas que serão utilizadas em uma

formulação de alimento é o primeiro passo para garantir um alimento seguro e com qualidade. “Os processos de produção precisam ser realizados dentro dos padrõese normas estabelecidos pela empresa e pelos órgãos fiscalizadores; os colaboradores que fazem o processo acontecer, precisam estar devidamente treinados e capacitados para entender o grau de importância de suas atividades para o processo e para o mercado”, salientou.

Rosane destaca ainda que “o trabalho de todos com alimentação é extremamente sério. E nós temos uma responsabilidade muito grande com o mercado, por isso precisamos de controles diários, pesquisas diárias e processos adequados para garantir o que o consumidor quer e precisa – alimentos seguros e saudáveis”.

E as fábricas da empresa seguem esta linha de padrões de qualidade internacionais para atender aos mercados mais exigentes, explica o gerente Industrial da De Heus no Brasil, Alexandre Reis. Para ele essa sinergia de processos com a nova estrutura do departamento de Matérias-Primas, Pet e Aqua beneficia os clientes e os demais segmentos atendidos pela companhia. “A maior exigência destes segmentos Aqua e Pet acaba elevando substancialmente a qualidade das matérias-primas em geral da empresa, o que é extremamente benéfico”, finaliza lembrando que este quadro “garante mais qualidade, segurança e controle dos produtos e processos”.

 

Fonte: Acessoria de Imprensa




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 







Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

SuínoMind
SuínoBrasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies