Abate de bovinos cai 10,8%, e o de suínos cresce 7% no terceiro trimestre



AUTOR(ES)

Especialista em suinocultura

Cândida Azevedo

Zootecnista, MsC Zootecnia, Doutoranda em Ciência Animal e Pastagens e Editora Grupo de Comunicação AgriNews

O 3º trimestre de 2020 registrou abate de 7,58 milhões de cabeças de bovinos, queda de 10,8% em comparação com o 3º trimestre de 2019 e aumento de 3,8% em relação ao 2º trimestre de 2020. No mesmo período, a produção de 2,02 milhões de toneladas de carcaças bovinas também apontou queda de 8% em relação ao 3º trimestre do ano passado e aumento de 7,6% em relação ao 2º trimestre de 2020.

Os dados são da Estatística da Produção Pecuária: Primeiros resultados, divulgada na última quinta-feira (12), pelo IBGE. Os dados completos, com informações por unidade da federação, serão divulgados no dia 10 de dezembro.

 

A pesquisa mostra que produção de suínos somou 12,57 milhões de cabeças, alta de 7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e de 3,8% na comparação com o 2° trimestre de 2020. O peso acumulado das carcaças atingiu 1,16 milhão de toneladas, aumentos de 9,4% em relação ao 3° trimestre de 2019 e de 4,8% em comparação com o 2º trimestre de 2020.

Abate de frango sobe 1,8% e atinge 1,50 bilhão de cabeças

O abate de frangos contabilizou 1,50 bilhão de cabeças, aumentos de 1,8% em relação ao 3º trimestre de 2019 e de 6,2% na comparação com o 2º trimestre de 2020. O peso acumulado das carcaças foi de 3,45 milhões de toneladas, altas de 0,3% em relação ao 3º trimestre de 2019 e de 7,1% frente ao 2º trimestre de 2020.

A produção de ovos de galinha foi de 993,19 milhões de dúzias no 3º trimestre de 2020, um incremento de 2% tanto em relação ao mesmo trimestre de 2019 quanto em comparação ao 2° trimestre de 2020.

A pesquisa também aponta que o consumo do leite vem se normalizando. A aquisição de leite cru foi de 6,36 bilhões de litros no 3º trimestre de 2020, aumento de 1,2% em comparação ao volume registrado no 3º trimestre do ano anterior e de 10,5% em relação ao 2º trimestre de 2020.

Já a produção de couro segue o movimento de queda no abate de bovinos. A aquisição de couro cru no 3º trimestre foi de 8,02 milhões de peças inteiras, quantidade 6,6% menor na comparação com o 3º trimestre do ano anterior e 9,5% superior em relação ao 2º trimestre de 2020.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE.




Entrevistas +

NOVIDADES DO SETOR

 
 










Ver outras revistas


 

Cadastro Newsletter Suino Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies